Concurso Beleza Negra contou com total apoio da FICC

378831_291427550898671_100000942852721_792427_548893825_n.jpgA 9ª edição do Concurso Beleza Negra realizado na última sexta-feira (09) na SEAC revelou lindas mulheres da raça negra e fechou a programação do mês da Consciência Negra promovido pela FICC em parceria com a Prefeitura Municipal de Itabuna. O concurso que pela primeira vez aconteceu dentro de um clube foi apresentado pelo professor da oficina de dança Marcelo Lobo e a atriz Fátima Farias. O evento foi iniciado com um documentário do produtor cultural e idealizador do Projeto Beleza Negra, Valmir do Carmo, que na oportunidade falou sobre a importância do projeto que começou em 1987 com o intuito de celebrar o dia de Zumbi dos Palmares e tornou-se uma referência em Itabuna na luta contra o preconceito e a desigualdade racial. De lá para cá foram várias ações como caminhadas, ciclo de debates em relação à questão racial e o concurso para eleger e valorizar as mulheres negras da nossa cidade. "O projeto já revelou muitas meninas negras da periferia de nossa sociedade e é prazeroso vê-las com todo o entusiasmo para representar a beleza negra, dentre elas, Maria Domingas, que hoje é psicóloga", destacou o produtor. Para Sandra Ramalho, presidente da FICC, o Concurso Beleza Negra é um de muitos projetos abraçados pela Fundação. "O objetivo maior da FICC é fomentar a arte itabunense e incentivar movimentos sociais, históricos e simbólicos", disse.