Vereador denuncia Hospital de Base

Os diretores do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna, mais uma vez estão envolvidos em denúncias de irregularidades e de mau-uso do dinheiro público. De acordo com o vereador Wenceslau Junior, só em julho, o hospital gastou mais de R$ 125 mil na compra de medicamentos sem licitação. Uma das compras, de R$ 94 mil, foi realizada em uma empresa de Vitória da Conquista. As outras duas foram feitas em Itabuna e somam R$ 31 mil. A denúncia foi baseada em documentos do TCM, Tribunal de Contas dos Municípios, durante visita ao órgão em Itabuna. Uma representação deve ser encaminhada ao Ministério Público Estadual. O Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães também emprega 300 pessoas sem concurso público, o que contraria um termo de ajustamento de conduta assinado em 2009. [A


Região
]